Biochem conclui expansão de fábrica de aditivos na Alemanha

Localizada em Lohne, novas instalações de produção e logística contam com 4.500 m2; com nova fase pronta, a empresa foca em crescimento.

Uma nova área, expansão das instalações de produção e logística e um horizonte de crescimento. Esses são os ingredientes da nova fórmula de crescimento no mercado da Biochem. E o pilar dessa nova fase é a nova área de 4.500 m2 de sua fábrica de aditivos localizada em Lohne, na Alemanha (foto no destaque).

Com mais de 340 funcionários em mais de 70 países ao redor do mundo, a empresa se concentra em desenvolver, produzir e vender uma ampla gama de aditivos nutricionais para todas as espécies animais. Essa expansão vai reforçar a produção dos aditivos em pó, pasta, gel e líquidos, assim como suplementos nutricionais, informa a empresa.

“Nosso portfólio de aditivos apoia a saúde e o desempenho dos animais, em qualquer idade ou exigência – incluindo saúde intestinal, eficiência alimentar, estímulo imunológico, nutrição de animais jovens e gerenciamento de micotoxinas”, comenta Alexander Grafe, CEO da Biochem.

A PRODUÇÃO DE LÍQUIDOS

Com a expansão das instalações, a linha de líquidos voltou para a sua área anterior, com maior capacidade de produção e dando maior flexibilidade para o envase dos produtos.

O remanejamento da fábrica permite agora que os produtos tenham tamanhos variados, desde 500 ml até 25 mil litros. Além disso, o misturador inicial de 1000 litros vai ser usado na planta-piloto, permitindo testes, tanto de inovações quanto de escalonamento.

“O setor de aditivos líquidos tem crescido rapidamente e temos que estar preparados para essa demanda do mercado da melhor maneira possível, respeitando a necessidade e prazo dos clientes”, revela Grafe.

“Para a empresa, a produção de líquidos permite maior automação, facilidade de transferência e melhor economia da planta. Do lado do consumidor, os aditivos líquidos oferecem inúmeras vantagens sobre outras formas, especialmente soluções em alimentação”, acrescenta o CEO da Biochem, concluindo: “O aumento dos preços das dietas estão adicionando pressão para que os produtores otimizem a eficiência alimentar e mantenham as despesas com ração o mínimo possível. Os suplementos de ração líquida são uma excelente opção para minimizar os custos de ração, melhorando a digestão e a taxa de conversão alimentar.”

A SEGURANÇA ALIMENTAR

Em todo o mundo, os países têm feito da segurança alimentar uma prioridade máxima. Como tal, há um impulso para a diminuição do uso de antibióticos como um melhorador de desempenho para evitar a resistência aos antibióticos enquanto conserva os mecanismos de ação. Os aditivos líquidos para rações e suplementos nutricionais são uma das formas de preencher a lacuna deixada por essas substâncias.

Além disso, as pressões de um ambiente em rápida mudança estão impulsionando o crescimento neste setor. O aumento da temperatura promove estresse térmico aos animais que, por sua vez, diminuem a produtividade do rebanho. Produtos líquidos – como aqueles para auxiliar no estresse térmico – podem ser facilmente adicionados à água de bebida, o que permite às granjas controlar o tratamento para atender à demanda.

“Como acreditamos que os aditivos alimentares líquidos e os suplementos nutricionais serão um setor forte no futuro, estaremos olhando fortemente para essa área e inovações futuras”, declarou o CEO da Biochem.

Para finalizar, a empresa se concentrará no desenvolvimento de sua presença comercial nas regiões da América Latina, Ásia-Pacífico e África. “Estaremos procurando parceiros estratégicos nessas regiões para nos ajudar a atingir esse objetivo”, disse ele.

(A Hora do Ovo, com informações e foto da assessoria de imprensa da Biochem)
Compartilhar